Na último dia  18 de outubro, foi realizado na Escola de Ensino Fundamental Tabelião Expedito Pereira dois dos projetos de extensão do PET Biblioteconomia: Quem Conta um Conto e Bibliocine.

O projeto Quem Conta um Conto faz parte dos eixos Ensino, Cultura e Extensão e tem como público alvo crianças. O objetivo do projeto é promover um momento de entretenimento educacional diferenciado dos que elas têm no dia a dia, de forma a incentivar a leitura e escrita. Nesse projeto, selecionamos um local que fique, de certa forma, a margem da sociedade Juazeirense e promovemos diversas brincadeiras educacionais como: contação de história, jogos, dinâmicas educativas, além de levar uma biblioteca móvel recheada de livrinhos infantis para que as crianças tenham contato, tudo feito com o objetivo de mostrar como a leitura pode ser divertida e, ao mesmo tempo, contribuir no desenvolvimento educacional.

O Bibliocine faz parte dos eixos Ensino e Cultura e tem como objetivo a exibição de filmes que instiguem a reflexão e o compartilhamento de conhecimento entre os participantes, o que proporciona um momento de lazer direcionado. O seu público alvo são os discentes e docentes do curso de Biblioteconomia e aos demais cursos que possam ter interesse em participar desta ação. Exclusivamente nesta ação, o Bibliocine foi reformulado para unir com o Quem Conta um Conto, levando a história “A Cigarra e a Formiga” e visando a interpretação e percepção das crianças sobre o filme animado, além das brincadeiras educativas voltadas para a leitura.
Trabalhamos com duas turmas de 3° ano do ensino fundamental, no qual uma turma ficou com o Bibliocine, onde foi exibido um curta-metragem de “A Cigarra e a Formiga” e, após a exibição, houve a mediação de cinema, brincadeiras de leitura e escrita como “caça-palavras”, “palavra-mágica”, “mural da história”, “dado silábico” instigando a memória e a comunicação das crianças. A outra turma que ficou com o Quem Conta um Conto assistiu a essa fábula em forma de contação de história, logo após dividiram-se em grupos com revezamento entre brincadeiras como “conte o seu conto”, “gira-gira”, “forma palavra”, as quais em todas elas praticaram a leitura e na “parada obrigatória” que é nossa biblioteca itinerante contendo gibis e livros onde as crianças têm acesso livre para lerem o que quiser.

Ao final da ação, foram distribuídos livrinho, caderno e lápis a cada uma das crianças, como forma de deixar uma lembrança e incentivo a escrita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php