Discentes, servidores docentes e técnicos administrativos vinculados ao Programa de Aprendizagem Cooperativa em Células Estudantis (PACCE) da PROEN visitaram a Comunidade do Cipó, no município de Pentecoste, origem de um dos movimentos em educação de maior sucesso e alcance no território cearense.

Ação em Pentecoste

A comitiva conheceu a história que começou em 1994, a partir da iniciativa de sete estudantes (Registrados nos quadros da foto acima), que, fora da faixa etária escolar, passaram a estudar numa casa de farinha de forma cooperativa e conseguiram chegar a universidade. Esta estratégia incentivou a outros jovens a buscarem seus objetivos resultando em várias ações e culminando, atualmente no Programa de Estímulo à Cooperação na Escola (PRECE), uma parceria entre a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Secretaria de Educação do Ceará (SEDUC/Ce), secretarias de educação de municípios cearenses e o Instituto Coração de Estudante (ICORES). A Universidade Federal do Cariri foi convidada para fazer parte desta rede atuando na região na interação com as escolas públicas.

Neste programa graduandos de diversas áreas recebem formação para proporem projetos de apoio às escolas públicas do estado. O PRECE propaga e estimula experiências de Protagonismo Estudantil, Cooperação e Solidariedade entre estudantes de escolas públicas do Ceará. Um destes projetos compreende a gestão pedagógica em parceria da EEEP Alan Pinho Tabosa em Pentecoste, que desenvolve a Aprendizagem Cooperativa como método de ensino e aprendizagem, além de estudar a relação das competências sócio – emocionais neste processo, o que findou sua inclusão na Rede de Escolas Transformadoras.

O debate promovido com o diretor da escola, Prof. Elton Luz Lopes, e os professores Tony Wérison de Sousa Ramos (Sociologia e Filosofia) e Raimundo Regivaldo Gomes do Nascimento (Química) foram importantes para conhecer as metodologias e técnicas usadas no cotidiano da sala de aula, como o conceito de células de base semanal e o índice de desempenho acadêmico e cooperativo (IDACIN). Foi realizada a oficina de história de vida com os membros da comitiva, a qual tem o objetivo de facilitar o processo de convivência entre as pessoas, sendo a primeira etapa de formação do curso de liderança cooperativa aplicado aos alunos ingressantes na escola para permitir o uso da metodologia. O curso envolve ainda os módulos: Habilidades sociais, contrato de cooperação, vivência de conflitos, protagonismo estudantil e parceria professor – estudante.

O Prof. Manoel Andrade, Coordenador de Articulação entre Universidade e Educação Básica (COART), setor da UFC a qual o PRECE é vinculado, além de apresentar os projetos de interação com as escolas também apresentou a proposta da organização não-governamental ICORES em desenvolver uma comunidade baseada em práticas de desenvolvimento sustentável e solidário.

A oportunidade de imersão realizada na viagem nos projetos relacionados ao PRECE/UFC trazem uma motivação para ampliação da utilização da metodologia de aprendizagem cooperativa em sala de aula e em células estudantis em toda a UFCA e até mesmo em todo o Cariri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *